PRIMEIRO AMOR

Renovar nossa Aliança é sempre uma oportunidade de voltar ao nosso primeiro amor. Você se lembra o quê te encantou dentro da Obra de Schoenstatt?
O que te motivava a ir até o santuário, participar das atividades, buscar um contato mais íntimo com Deus através de Maria?
Conheci Schoenstatt quando tinha 11 anos. A cidade era pequena, todos se conheciam, e era muito comum saber quem era ou não da JUFEM e da JUMAS. Lembro, como se
fosse ontem (mas faz teeeeempo), o que me motivava, porquê minha atração por Schoenstatt era quase magnética, e os motivos pelos quais em 2003 selei com Maria uma aliança.
Às vezes, a correria do dia-a-dia, os desafios do mundo e também os próprios de cada vocação (por aqui incluo pequenas em férias, desfralde, trabalho novo e diversas atribuições) nos fazem esquecer das razões pelas quais nossa proximidade com Schoenstatt se impõe: motivos importantes que emergem do nosso carisma e da nossa vocação dentro da Obra. E a cada dia 18 somos convidados a relembrá-los.
Pode parecer uma tremenda bobagem para alguns, mas do alto dos meus quase 36 anos (e a dor na coluna e nos joelhos que chegaram junto com a idade), ainda me lembro com muita alegria do dia 09 de novembro de 2003 e de como me senti quando, dentro do Santuário Tabor da Esmagadora da Serpente, em Londrina, troquei meu coração com o de Maria. Lembro do que vestia, dos amigos da faculdade que convidei para a missa, dos meus pais presentes. Mas, principalmente, me lembro de como me senti pequena e insuficiente (sem dúvida), mas profundamente amada por Deus. Os convido nesse dia, na esteira da nossa primeira renovação de Aliança de Amor de 2021, a que possamos tomar alguns minutos para relembrar o dia da nossa aliança de amor. Relembrar como foi a missa, com quem estávamos, o que sentíamos. Mas relembrar, sobretudo, a maravilhosa prova de amor que Deus nos dá quando nos presenteia Sua Santa Mãe para nos guiar e educar pelos caminhos da vida.
E que essa lembrança nos motive, uma vez mais, a seguir buscando nossa santidade com fidelidade e heroísmo. Avante!